quarta-feira, 22 de abril de 2015

Inauguração Observatório de Políticas e Cuidado em Saúde MG

Notícias Externas

Pesquisa sobre redes de atenção à saúde é apresentada na Faculdade


Publicado em: Externas • Notícias - 16 de abril de 2015
A Faculdade de Medicina da UFMG recebeu nesta quinta-feira, dia 16 de abril, o seminário ampliado da pesquisa “Construção de uma Rede Nacional de Avaliação Compartilhada (RAC)” que tem finalidade de realizar avaliação qualitativa sobre a produção do cuidado em diferentes modalidades à luz do processo de implantação das Redes Temáticas de Atenção à Saúde no Sistema Único de Saúde. O encontro contou com a presença de pesquisadores e trabalhadores da Rede Municipal de Saúde de Belo Horizonte, além de professores da Unidade.
Inicialmente, o diretor da Faculdade de Medicina da UFMG, Tarcizo Nunes, deu às boas-vindas aos presentes e falou sobre a importância da Universidade nas pesquisas que estão sendo realizadas. “Para nós é uma honra muito grande receber esse seminário e, sobretudo, abrigar esse núcleo. A Faculdade de Medicina, como uma instituição pública, tem papel importante no ensino, pesquisa e extensão”, explicou.
IMG_8489
Pesquisadores e trabalhadores da Rede Municipal de Saúde de Belo Horizonte acompanham seminário. Foto: Bruna Carvalho

A professora do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade, Alzira de Oliveira, explicou os métodos que foram utilizados durante a pesquisa. “Essa é uma pesquisa qualitativa que foge dos moldes tradicionais. A gente não quer pesquisar, a gente quer se misturar no serviço e ajudar a equipe de trabalhadores e usuários a repensar suas práticas pensando na questão do aprimoramento e da qualidade”, avaliou.
Logo em seguida, o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Emerson Merhy, proferiu a conferência “As redes vivas e a produção do cuidado”.  Por fim, os presentes puderam acompanhar a inauguração da sala do Núcleo de Minas Gerais do Observatório de Políticas e Cuidado em Saúde, na sala 818 da Faculdade de Medicina da UFMG.
Na parte da tarde, a partir das 14h, serão apresentados os primeiros resultados parciais da pesquisa realizada nos distritos sanitários noroeste e nordeste, além do encaminhamento sobre a continuidade das atividades.
visita_ 013
Inauguração da sala do Núcleo de Minas Gerais do Observatório de Políticas e Cuidado em Saúde. Foto: Bruna Carvalho.

A pesquisa tem a coordenação nacional do professor Emerson Merhy, da UFRJ e conta com 17 instituições públicas federais e diversos pesquisadores que tem investigado, em 16 municípios brasileiros, as redes de atenção à saúde e a produção do cuidado em saúde. Em Minas Gerais, a pesquisa é coordenada pela professora Alzira de Oliveira Jorge. No estado, a pesquisa foi iniciada em Belo Horizonte e em outros dois distritos sanitários, onde são realizados um processo de acompanhamento de usuários-guia e seu percurso nas redes de atenção. Além da UFMG, estão envolvidas a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e Faculdade de Medicina do Vale do Aço (Univaço).
IMG_8435
Mesa de honra. Foto: Bruna Carvalho

Compuseram a mesa de hora o diretor da Faculdade de Medicina da UFMG, Tarcizo Nunes; a sub-secretária de Gestão Regional da Secretaria Estadual de Saúde, Leda Vasconcelos;  a secretária adjunta da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e professora do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina, Alzira de Oliveira Jorge; o secretário Municipal de Saúde de Belo Horizonte, Fabiano Pimenta Júnior; o coordenador nacional da pesquisa, Emerson Merhy; a diretora da Escola de Enfermagem; Eliane Palhares; a gerente Atenção à Saúde e diretora técnica do Hospital das Clínicas, Andréa Maria Silveira; e o chefe do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG, Antônio Thomaz da Matta Machado.

    segunda-feira, 30 de março de 2015

    Micropolítica do trabalho - Videoaulas produzidas por Emerson Merhy



    Confira a seguir sete videoaulas produzidas por Emerson Merhy, nas quais a intenção foi abrir uma conversa sobre as várias maneiras como o enunciado atividade aparece em diferentes situações, contextos e campos de práticas e discursividade.

    quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

    Ficha catalográfica teses UFRJ

    OLá pessoal,

    Segue o contato para elaboração de ficha catalográfica. O contato é da Eliana Rose, tudo é feito por e-mail. Os doutorandos enviam a tese para a biblioteca e eles é que fazem tudo.
    abç
    Claudia

    Contatos biblioteca para ficha catalográfica com a Eliana Rose

    OLa,

    Seguem os contatos para elaboração da ficha catalográfica para teses.
    Sâo no máximo 3 dias uteis. è feito por e-mail, vc envia a tese e ela faz a ficha, elencando as palavras chaves etc.

    sábado, 17 de janeiro de 2015

    Salas da Linha no Rio de Janeiro em 2015




    Olá pessoal!

    Seguem as salas onde ocorrerão os encontros da Linha no Rio de Janeiro:

    • 4as feiras - Auditório Icema Oliveira; 
    • 5as feiras - Auditório Leme Lopes; 
    • 6as feiras - Auditório William Asmar.
    Lembro a todos que o encontro de Fevereiro será em São Paulo, e de uma maneira geral estas salas estão pré-marcadas para os encontros de Março em diante, no Instituto de Psiquiatria da UFRJ do Campus da Praia Vermelha.

    domingo, 28 de dezembro de 2014

    Cronograma da Linha em 2015


    Olá pessoal!
    Segue a agenda da Linha em 2015. De uma maneira geral os encontros ocorrem no Rio de Janeiro. As datas seguem abaixo:

    • 4,5,6 de fevereiro (especificamente o encontro neste mês ocorrerá em São Paulo*);
    • 4,5,6 de março;
    • 8,9,10 de abril; 
    • 6,7,8 de maio;
    • 10,11,12 de junho;
    • 5,6,7 de agosto;
    • 2,3, 4, de setembro; 
    • 7,8,9 de outubro;
    • 3, 4,5,6 de novembro (Seminário); 
    • 2,3,4 de dezembro.

      Qualquer coisa é só falarem!

      * normalmente todos os encontros da Linha ocorrem no Rio de Janeiro, sendo que somente no mês de fevereiro este ocorre em São Paulo, na USP. Isto ocorre devido à proximidade da alta temporada de carnaval, época em que as viagens para o Rio de Janeiro são mais onerosas para os participantes que vem de fora.

    segunda-feira, 17 de novembro de 2014

    Leituras propostas para Linha: a temática de Fontes



    Olá pessoal!

    Estou postando duas das leituras que foram propostas para debater no encontro da Linha de Pesquisa em torno da temática de fontes.

    Anteriormente a temática era prevista para dezembro, mas sua discussão no coletivo foi reprogramada para 2015, pois no encontro de dezembro serão discutidos materiais em construção de pós-graduandos.

    Posto o livro de Foucault e de Ermínia Silva, ambos relacionados com a temática.


    segunda-feira, 13 de outubro de 2014

    Disciplina Eletiva 17 de outubro.

    Seguem os materiais para aula da disciplina eletiva dia 17 de outubro de 2014:
    O debate de Foucault e Chomsky
    O vídeo " As cores das flores"
    O documentário sobre Manoel de Barros " Só dez por cento é mentira"


    https://www.youtube.com/watch?v=SI67_az_RMg


    https://www.youtube.com/watch?v=IOpy1f9kN84

    https://www.youtube.com/watch?v=XCMczEBuII4



    sábado, 7 de junho de 2014

    A vida de todos os brasileiros vale a pena - Entrevista: Emerson Elias Merhy, médico sanitarista e pesquisador


    Emerson Elias Merhy é professor titular de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tendo sido professor associado da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na qual se aposentou em 2003. Também é professor da pós-graduação em Clínica Médica da UFRJ onde coordena a linha de pesquisa de Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde. Em sua passagem por Campo Grande (MS) nesta semana, onde participou de eventos na Fiocruz e no Mestrado Profissional de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Merhy concedeu esta entrevista à Semana On, abordando um tema delicado: a necessidade de inverter a prioridade da saúde, hoje ficada no mercado, e redirecioná-la para a atenção as pessoas.

    Por Victor Barone

    sexta-feira, 30 de maio de 2014

    Observatório de Cuidados em Saúde é inaugurado nesta quarta na Funemac em Macaé

    O Observatório é produto de um projeto que envolve sete universidades, UFRJ polo no Rio de Janeiro e Macaé, UNIRIO, UNICAMP, UFF, UFMG e UFES. Todas as instituições irão sediar um observatório com a mesma finalidade: analisar os impactos das políticas públicas na produção do cuidado em saúde. 
    Segundo o professor Emerson Merhy, titular do Campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - Macaé, e um dos responsáveis pela implantação do projeto que é financiado pelo Governo Federal por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq), o Observatório irá acompanhar casos reais. 
    “Nosso trabalho é acompanhar casos reais, por exemplo, se as pessoas estão recebendo tratamento adequado, dentro de um tempo correto e de forma regular, ou seja, se toda a política de saúde é eficiente e muda a qualidade de vida das pessoas. O Observatório terá grande relevância para os pesquisadores, os trabalhadores, os gestores e os alunos, pois esses resultados serão fundamentais para se pensar na saúde de nosso país”, afirmou.
    De acordo com o professor, as áreas de acompanhamento serão: câncer de mama, cuidados de saúde no domicílio, cuidados de saúde de pessoas com necessidades especiais, área de autismo e atenção básica na saúde da família. Com isso, as cidades de Rio de Janeiro, Niterói, Campinas, Belo Horizonte, Vitória e Macaé, recebem essa sede de pesquisa. A Capital Nacional do Petróleo, inclusive foi a primeira cidade a ganhar a sede por meio da parceria com a Secretaria de Saúde e da Funemac.
    Douglas Chaves







    quarta-feira, 16 de abril de 2014

    Coleção Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde

    Composta por obras, vinculadas a diversas produções que vêm sendo desenvolvidas nos últimos anos pelo grupo de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro. As publicações, embora apresentem ampla gama de conteúdos e apontem para múltiplos campos de problematização, se integram pelo desafio de ofertas conceituais para pensar o mundo da saúde e o compartilhamento de algumas perspectivas.









    segunda-feira, 24 de março de 2014

    Leituras para o encontro da Linha em Abril


    Olá pessoal,

    Seguem os links para o "Ditos e Escritos" vol. 5, uma das leituras do dia 02 de abril.

    Os textos sugeridos para a leitura foram:
    "O cuidado com a verdade";
    "O retorno da Moral";
    "A ética do cuidado de si como prática da liberdade"
    "Uma estética da existência".

    Assim que for disponibilizado o restante das leituras as postarei aqui.

    Link Dropbox para "Ditos e escritos - vol 5"

    Link Drive para "Ditos e escritos - vol 5"

    Link Scribd para "Ditos e escritos - vol 5"


    domingo, 16 de março de 2014

    Texto para próximo encontro da disciplina Eletiva -21/03/2014 -

    Orientação para o próximo encontro da disciplina eletiva da Linha de Pesquisa Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde:


    Sugestão de leitura: 
    Material da Madel Luz "As Instituições Médicas no Brasil - instituição e estratégia de hegemonia"
    a apresentação, a introdução geral, o ponto I "Estratégia e Hegemonia" e o ponto II - "Saúde e Estado Capitalista: as instituições médicas no Brasil". 
    Horário: 09:30 
    Sala William Aismar no IPUB.


    quarta-feira, 5 de março de 2014

    Leitura do encontro de Março em Brasília


     Olá pessoal!

    As leituras da linha neste encontro de Março em Brasília serão de dois capítulos do livro " Foucault - uma trajetória filosófica" de Dreyfus e Rabinow.

    O primeiro é o capítulo chamado "Sujeito e o poder", redigido por Foucault. Este é o capítulo do primeiro apêndice.

    O segundo é de uma entrevista sobre a trajetória do pensamento de Foucault. Está no apêndice da segunda edição, logo após o capítulo anterior. Este texto foi um dos selecionados do último encontro e voltará à discussão.
     
    Link para download: Foucault - Uma Trajetória Filosófica. Para além do estruturalismo e da hermenêutica

    sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

    Transmissão da Disciplina Eletiva da Linha Micropolitica - com o tema
    "O Dilema Preventivista", Tese de doutorado do Sergio Arouca

    Entre no link abaixo.
    ou 




    quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

    As vistas dos pontos de vista. Tensão dos programas de saúde da família, que pedem medidas - Emerson Merhy

    Emerson Merhy acabou de escrever um texto sobre a Vista do Ponto de Vista e a ESF.
    Esse material vai estar disponível na Revista de Saúde da Família que será lançada na Mostra de saúde da Família que será em março/2014.
    Merhy compartilha este material para abrir novas conversas e informa que muito do que tem nele é acúmulo do coletivo da linha de pesquisa micropolítica do trabalho e o cuidado em saúde/UFRJ.

    domingo, 19 de janeiro de 2014

    Foucault, o Pirotécnico

    Este livro conta com três entrevistas que Michel Foucault concedeu ao filósofo e pesquisador francês Roger Pol-Droit.
    Pirotecnia, tocaia, tatear, guerrear... boas similitudes para a im-postura...

    sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

    Pensadores e a Educação - Gilles Deleuze

    Licença padrão do YouTube

    Publicado em 26/06/2013
    Vídeo que fala sobre ressonâncias entre a filosofia deleuziana e a pedagogia ou educação em filosofia. Entrevista com o professor Silvio Gallo, pesquisador em filosofia e educação.

    quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

    Viagem cartográfica: pelos trilhos e desvios.

    Compartilho aqui um texto que achei super interessante dos meus parceiros de Linha: Débora Bertussi, Rossana Baduy, Laura Feuerwerker e Emerson Merhy.




    Para ilustrar o post, não consegui não lembrar de Chagall...
    File:Chagall Circus.jpg


    Ref: BERTUSSI, D.; BADUY, R.S.; FEUERWERKER, L. C. M.; MERHY, E. E. Viagem cartográfica: pelos trilhos e desvios.  In MATTOS, R. A.; BAPTISTA, T. W. F. Caminhos para análise das políticas de saúde, 2011. p.306-324. Online: disponível em www.ims.uerj.br/ccaps.

    quarta-feira, 27 de novembro de 2013

    Paulo Leminski - Livro Toda Poesia

    Uma edição completa pela Companhia da Letras através dos anos e obras desse poeta. Com  Leminski a vida fica mais interessante. A capa do livro tem tudo a ver com esse curitibano poeta.



    terça-feira, 12 de novembro de 2013

    SITE DO EMERSON MERHY

    EMERSON MERHY, convida todos a caminhar/passear/saborar e aproveitar dos materiais do seu site.



    O grande objetivo desse site é disponibilizar seus textos, produzidos em sua grande maioria a partir das experiências que vivenciou na gestão em coletivos de saúde, junto com muitas outras pessoas. A ideia é ter uma cara de varais de textos, com a finalidade de que suas questões possa mobilizá-lo na busca de vários materiais em oferta, sem que se crie alguma hierarquia entre essas produções. Nesse momento, ele está adotando como estrutura a lógica de um varal mais tematizado.
    Um dos varais o leva para artigos publicados, outro para artigos em geral, outro para capítulos de livros e, por último, para livros. Com certeza, com o tempo, outros virão.
    Muito do que tem neste site é resultado do trabalho coletivo de uma gama bem variada de trabalhadores de saúde, na sua maioria vinculada às redes estatais. Como regra, a produção de conhecimento que esses textos expressam tem a marca da não neutralidade, pois foi realizada olhando e se implicando com a construção de políticas públicas em saúde, na busca da consolidação de uma aliança  de ferro entre o modo de produzir saúde e a afirmação da vida, individual e coletiva, procurando ser constituída como um saber militante. A aposta nuclear de que a vida de qualquer um vale a pena é o eixo ético-político estruturante e o reconhecimento de que todos implicados no campo da saúde são igualmente sabidos e gestores, de si e das relações com os outros, dos encontros que aí são operados como constitutivos da produção do cuidado.
    Partilhar esses saberes, de um modo livre e não burocrático, é um compromisso que ele assume, pois estar acessível, na visão dele, é uma das marcas constitutivas desta postura militante, além de ele considerar que o conhecimento não é propriedade de ninguém por ser um patrimônio de todos e sempre resultado de fazeres coletivos.
    A única solicitação que ele faz, é que ao usar o material, cite a fonte, obedecendo as regras do  License Creative Commons.
    (Texto adaptado da introdução do site de Emerson Merhy)

    Disciplina Eletiva - dia 22 de novembro

    Local: Auditório William Asmar - IPUB/UFRJ - Praia Vermelha
    Horário: das 9 as 17 horas.

    Será discutido a tese de Doutorado do Emerson Merhy



    Segue o link para acessar o material

    segunda-feira, 11 de novembro de 2013

    Emerson Elias Merhy - Encontro Regional Sul da Rede Unida - Londrina

    Publicado em 11/11/2013
    Mesa Redonda: Gestão para a Produção do Cuidado em Redes de Atenção à Saúde
    Palestrante: Emerson Elias Merhy

    Links da conferência realizada em Londrina, Brasil, no qual ele conversa sobre cuidado e redes de atenção, destacando as redes analógicas e rizomáticas e a necessidade de ousarmos novas modalidades de modos de cuidar em sinergia com as redes de produção das existências.


    sexta-feira, 8 de novembro de 2013

    CALENDÁRIO 2014 – LINHA MICROPOLÍTICA





    • fev – 5, 6, 7 – LOCAL: São Paulo
    • março – 12, 13, 14 – LOCAL: Brasília/DF
    • abril – 2, 3 e 4 – LOCAL:Rio de Janeiro
    • maio – 7, 8, 9 – LOCAL:Rio de Janeiro
    • junho –não tem por conta da COPA – TRABALHO REGIONAL DA RAC
    • julho – NÃO tem por conta da COPA – TRABALHO REGIONAL DA RAC
    • agosto – 6, 7, 8 - LOCAL:Rio de Janeiro
    • setembro – 3, 4, 5 - LOCAL:Rio de Janeiro
    • outubro – 1, 2, 3 - LOCAL:Rio de Janeiro
    • novembro – 5, 6, 7 - LOCAL:Rio de Janeiro
    • dezembro – 3, 4, 5 - LOCAL:Rio de Janeiro

    sexta-feira, 25 de outubro de 2013

    DISCIPLINA ELETIVA

    Dissertação de Mestrado - PAULO EDUARDO XAVIER DE MENDONÇA - (LUTA) EM DEFESA DA VIDA: tensão e conflito, reconhecimento e desrespeito nas práticas de gestão do Sistema Único de Saúde.

    Link: https://db.tt/SfMQwhMD

    SEGUE O LINK DO DEBATE QUE FOI REALIZADO NO DIA 25 DE OUTUBRO

    http://twitcasting.tv/f:100001349226279/movie/23330973

    Orientações: entre no link abaixo, e vc vai acessar o perfil de Kathleen no twitcasting, lá vc entra em "Live Histórico" para ter acesso as gravações. Este debate tem 13 partes. Se você se o link não funcionar copie esse endereño no browser.
    TRANSMISSÁO AO VIVO DA DISCIPLINA ELETIVA
     VER NO LINK ABAIXO
    micropolitica ao vivo http://moi.st/1641009

    domingo, 20 de outubro de 2013

    Do Governo dos Vivos - Michel Foucault



    Curso no Collège de France, 1979-1980 (excertos). Como foram constituidas as formas de obediência do presente? Como foi possível ao indivíduo moderno essa intensa relação estabelecida dele mesmo com práticas sistemáticas de renúncia da vontade, da liberdade e de si mesmo? Do que procede, nas sociedades ocidentais, a prática da servidão voluntária? São essas questões que o curso inédito de Michel Foucault, "Do Governo dos Vivos", ajuda a elucidar, revelando alguns segredos da eficácia política dos regimes liberais e neoliberais. Apresentação da 2ª edição de Alfredo Veiga-Neto / Organização de Nildo Avelino.

    Michel Foucault: O Governo de Si e dos Outros

    Foucault, Michel. 1926-1984. O governo de si e dos outros: curso no Cul1ege de France (1982-1983)/Michel Foucault; tradução Eduardo Brandão. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010. - (Obras de Michel Foucault) 

    Livro: Clínica Comum Itinerários de uma Formação em Saúde

    Livro: Clínica Comum Itinerários de uma Formação em Saúde
    Organizadores:
    Angela Aparecida Capozzolo
    Sidnei José Casetto
    Alexandre de Oliveira Henz
    Prefácio:
    Emerson Elias Merhy

    terça-feira, 15 de outubro de 2013

    Parabéns a todos os professores da vida!!!!!!!!!!


    Aos professores que lutam por uma sociedade mais justa!!!!!



    "Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música
    não começaria com partituras, notas e pautas.
    Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria
    sobre os instrumentos que fazem a música.
    Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria
    que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas.
    Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas 
    para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes".
    Rubem Alves


    segunda-feira, 14 de outubro de 2013

    Pensadores e a Educação - Gilles Deleuze


    Andréa Chagas, indicou este vídeo.
    Publicado em 26/06/2013
    Vídeo que fala sobre ressonâncias entre a filosofia deleuziana e a pedagogia ou educação em filosofia.

    Licença padrão do YouTube